Conviver/Conhecer Brasileiros no Exterior: CERTO X ERRADO?

Amigos, olá à todos!

Após 2 meses de Austrália estou formando uma opinião sobre este tema, considerando a experiência que tive até aqui e todos os comentários que já ouvi à respeito como por exemplo: "Fique longe de brasileiros, pois assim você não aprenderá inglês!".

Gostaria de saber a opinião dos companheiros do fórum a cerca deste assunto antes de expôr o que realmente penso sobre este assunto.

[]'s

Exibições: 518

Responder esta

Respostas a este tópico

Olá Juliana!

A adaptação depende de cada pessoa e do ambiente em que se está inserido. Cada dia é um passo e na minha visão ela acontece gradualmente.

Trabalhar é um opcional que não está em meus planos. De qualquer forma solicitei o TFN, caso surja algo esporádico que não atrapalhe meus objetivos estarei disposto. 

Viver no exterior é uma novidade e um conhecimento adquirido todos os dias, é um exercício de reflexão, quebra de paradigmas e comunicação. Pois tão importante quanto entender é se fazer entender.

[]'s

Minha opinião é a seguinte:

Para quem pode fazer amigos gringos, expandir seus horizontes e viver uma experiência que não vai viver no Brasil isso é o melhor que você vai tirar da Austrália. Contudo nem todo mundo está preparado para isso e em algumas situações é impossível ficar longe de Brasileiros.

Eu vim para a Austrália em 2009 e fiquei por 5 meses aqui com pouquíssimo contato com Brasileiros. Acho que foi uma das melhores experiências da minha vida e só sabe quem viveu uma experiência semelhante. Mas reconhece que isso não é pra todo mundo.


O que vai te atrapalhar em ficar longe de Brasileiros?

Sua coragem em se aventurar no desconhecido;

Seu nível de inglês; e

Sua maturidade.

Tudo bem Alexandre!

Obrigado por participar desta discussão que tem por objetivo formar uma opinião mais realista!

Acredito que uns dos principais objetivos numa viagem internacional seja o conhecimento que não se possa adquirir no Brasil. Estar aberto pra adquirir este conhecimento é fundamental, e diria mais: é o ponto-chave para a evolução. Evoluir não se limita apenas a aprender uma nova língua.

Você comentou que tinha contato com pouquíssimos brasileiros no seu período inicial, certo?! Pouquíssimos é diferente de nenhum. Isso significa que mesmo conhecendo alguns brasileiros você tentou manter a concentração na absorção de novos conhecimentos. É uma opinião!

Eu prefiro continuar ouvindo opiniões antes...

Grande abraço Alexandre

A menos que você vá ao Afeganistão é impossível não ter contato com Brasileiros.

A Austrália é cheia de Brazucas e você vai sempre esbarrar com alguns no trem, no super-mercado, na faculdade ou em qualquer outro lugar.

kkk... Brasil, India, China... saum paises populosos e sub-desenvolvidos... vc sempre vai NOS achar em qualquer pais desenvolvido...

Ola Alex!

Esse topico eh bem complicado. Veja bem eu morei em Londres 5 anos antes de vir pra Perth.. No comeco convivi com brasileiros que me ensinaram muito alem de ingles, a trabalhar, etc etc. Depois eu comecei a trabalhar como shop fitter( marcenaria) onde moravamos semanas ou meses em diferentes cidades da Inglaterra. Cheguei a encontrar com brasileiros em festas entao ficava muito feliz em poder conversar, mas voce percebe que a galera recem chegada nao da muita moral, principalmente as meninas que queriam encontrar o seu principe europeu (isso acaba com poucos meses, mas acontece!)Com isso eu tenho hoje dificuldade em falar portugues, pois desde entao apenas falo com meus pais por telefone.. Algumas pessoas acham isso "legal" mas na verdade me incomoda porque nao consigo me expressar quanto antes. A minha dica entao eh tenha amigos brazucas sim, nao precisa conviver com eles, mas tenha amigos porque voce sentira falta nao apenas de falar a lingua mas tambem sua cultura! Obs: Fique longe daqueles que apenas querem fazer festa e cantar o "ai se te pego". Hope it helps brotha! Safe.

Boa dica Marcel...

 

Tudo bem Marcel!

Realmente, você tem uma fantástica experiência internacional, com certeza tem grande propriedade no que está falando a cerca desse tema. Obrigado pela colaboração!

Posso dizer que grande parte da minha conclusão, vindo da minha minúscula experiência até agora, se refere à isso que você abordou. Sempre ouvi de todas as pessoas que fizeram intercâmbio a mesma coisa: "Fique longe de Brasileiros!". Após estar aqui percebi que essa afirmação é extremamente radical, é o famoso 8 ou 80. Tudo depende do que você espera da sua viagem.

Se você seu objetivo é festa, curtição encontre a turma certa para isso, o que dificilmente não incluirá outros brasileiros. Se você quer realmente aprender inglês, para manter o foco no aprendizado é bom que você mesmo coloque seus próprios limites para que isso aconteça, isso não significa não conhecer brasileiros e é exatamente o que nosso amigo Marcel expôs no post acima e o que nosso amigo Alexandre fez quando chegou.

Não conhecer brasileiros, suas tarefas serão um pouco mais difíceis, se não for brasileiros provavelmente serão orientais (na maioria chineses) eles sim nunca estarão sozinhos. E eles também terão os chegados deles e pode ter certeza que deles é que você não precisa esperar algum tipo de apoio e muito menos aprender inglês. As culturas são extremamente diferentes e dificulta algumas compreensões de ambos os lados, não será com eles que você poderá trocar uma ideia.

Outro ponto que o Marcel comentou, nunca senti tanta falta da comunicação. Habilidade não só para compreensão mas também para expressão. Acredito que o começo sozinho será mais sofrido e também não tenho a pretensão de estabelecer algum tipo de regras, mas que cada um saiba avaliar antes de criar mitos. Quem fala pra não conhecer brasileiros é quem não aprendeu inglês como gostaria, curtiu pra valer e quando voltou para o Brasil bateu o remorso e justifica desta forma.

Acredito que o tema ajuda a reflexão para quem ainda está buscando informações sobre viajar para o exterior.

Abraços

Eu acho super valido ter amigos brasileiros. Ainda lembro a primeira vez que encontrei brasileiros em Sydney. Fiquei super feliz, aliviada de poder falar a minha propria lingua. Acho que o problema nao e conhecer e conviver. Acho que tudo depende do seu foco. Pra mim, e sempre relaxante sair com a brasileirada e matar as saudades de casa :)

Olá Giovanna!

Eu sempre tive vontade de falar inglês, convivi muito tempo me virando em leituras técnicas, porém tinha vontade de ouvir uma música em inglês e entender como se estivesse ouvindo em português. Porém, depois de estar aqui um tempo, realmente sente-se muita falta de falar a nossa língua mãe, acho que isso se deve ao fato de poder ter a liberdade de expressar com clareza o que você quer e que as outras pessoas entendam. 

Acredito que seja possível equilibrar o aprendizado que em muitas situação se torna cansativo com momentos um pouco mais leves com pessoas que nos entendem, não só pela língua, mas principalmente pela cultura. 

Foi muito importante sua colaboração!

[]'s

Que legal esta sendo trocar ideias com voces. Estive essa semana pensando em escrever algo que abrange toda esse diferencial de cultura, pessoas e lugares que convivi, dando ênfase na Australia. Ainda nao tive muito tempo disponível mas acredito que no final de semana eu consiga colocar todas essas ideias aqui. Desde ja, Abracos. 

Tudo bem Marcel!

Seria muito interessante que você compartilhasse sua experiência, conhecimento e entendimento acerca deste assunto. A ideia é que possamos entender um pouco melhor o ambiente em que estamos vivendo, e talvez minimizar alguns sofrimentos.

Aquilo que vivemos desde criança, faz parte do nosso dia a dia, com palavras, expressões, comportamentos e todo mundo entende porque fez parte do mesmo ambiente. Quando você chega em outro país, você não tem essas informações e por isso deixa de entender muitas coisas, nós não vivemos aqui para entender os porquês de muitas situações que acabamos enfrentando.

Este processo de compreensão cultural é muito mais complexo que simplesmente aprender a falar a língua, vai muito mais adiante e o que acredito que demore muitos e muitos anos. A impressão é que sempre está faltando alguma coisa, quando não se consegue ser exatamente como gostaria de ser. Por isso acho que durante estes processos é bom ter contato com brasileiros, mesclar esse tempo de aprendizado com um tempo mais relax ao lado de amigos, porque na hora que você precisar, sabe-se muito bem com quem se pode contar.

Ficamos no aguardo de ouvir sua experiência! Isso pode ajudar muitas pessoas!!!

Grande Abraço

RSS

Membros

Seja Social Também :D

Como utilizar a Comunidade:

Pessoal, para manter a comunidade bacana e confiavel, por favor, adicionem foto em seu perfil, assim sabemos com quem estamos falando, alem de ficar com uma pagina mto mais bonita.

Boa sorte a todos!
Comunidade Brasileiros na Australia

Grupos

© 2014   Criado por Gabriel.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço