(Pessoal do grupo, peço desculpas por ter mandado uma mensagem por e-mail a todos os usuários do grupo. Eu cometi um erro e não selecionei a opção correta, que seria "Iniciar uma Discussão". Segue abaixo a discussão que gostaria de ajuda).

Olá a todos,

Eu estou planejando uma viagem de 6 meses à Austrália (preciso decidir entre Sydney e Brisbane) para realizar um curso do estilo Vocacional (ILSC - International Business Management) e para conseguir arcar com as minhas despesas de moradia, alimentação e transporte eu preciso encontrar um emprego.
Eu estou indo sem preconceitos e com muita disposição de exercer funções "informais", pois sei que essa experiência pode agregar muito ao meu conhecimento de inglês (IELTS 5.5),aprender mais e ter uma vivência com o público mais completa e porque preciso desse auxílio financeiro.
Enfim, gostaria de saber como está atualmente o mercado de trabalho informal em Sydney e Brisbane, pois uma amiga me disse que leu em um grupo do Facebook que ultimamente não estão contratando muitos brasileiros, principalmente em Sydney por conta da grande oferta de mão de obra estrangeira por lá.

Agradeço desde a atenção e ajuda de todos. Quero muito poder realizar essa viagem, porém gostaria de ter uma segurança maior de que é possível sim arranjar um emprego que possa me ajudar com as minhas despesas durante o período.

.

Exibições: 2331

Respostas a este tópico

Oi Barbara,

Qual o seu nível de Inglês?  É isto o que vai definir a sua empregabilidade na Australia. Exatamente como no Brasil , aqui ninguém contrata um empregado que não consegue se comunicar com o seu supervisor ou chefe.  Portanto, cuide de comprar o seu curso de uma escola com professores qualificados e com bom método de ensino, uma vez que estes são os pontos determinantes para um rápido aprendizado.

E é a falta de bom nível de inglês que está impedindo muitos brasileiros de conseguirem bons empregos na Australia.  Infelizmente a turma chega aqui, começa a trabalhar naquelas funções que você chama de "informais"  (e que aqui são totalmente formais e respeitadas) e a ganhar uma grana legal, e daí esquecem que o objetivo de virem pra cá era principalmente aprender inglês.  Resultado: existe uma pesquisa que mostra que uma porcentagem grande de brasileiros que vêm para a Australia, ficam dois anos aqui, frequentam escolas de péssimo nível (as famosas escolas custo x beneficio) e voltam sem falar Inglês direito.  Será que eles são "espertos" como eles se julgam??

Enfim, Barbara, se você já tem Inglês em nível intermediário, venha sem medo.  Se ainda não tem, traga dinheiro suficiente para se sustentar pelos 3 primeiros meses. E quando chegar aqui estude muito e se afaste do gueto dos brazukas.  Quando se é jovem como você, a gente tem o mundo nas mãos, depende de nós como será o nosso caminho nele.

Um abraço!

Olá Marlene,

Muito obrigada pela ajuda e pela sinceridade!

Eu estudei inglês por cinco anos e concluí o curso. Meu objetivo é fazer um curso mais focado na minha área profissional, que no caso é Comércio Exterior. Nessa área aqui no Brasil são vistas com bons olhos as pessoas que têm alguma experiência no exterior. Por isso, minha escolha de curso é o International Business Management oferecido pela ILSC em Brisbane e Sydney. Eu fiz o exame de nível de inglês solicitada pelo College e atingi o nível de requisito para o curso que eu desejo.

Minha única insegurança é em relação à maior oferta de trabalho, mas eu estou muito disposta a encarar esse desafio e aceitar o trabalho que surgir, porque preciso desse auxílio financeiro para me manter devidamente na Austrália. Não sei qual das duas cidades seria melhor na questão de oferta de trabalho e custos e despesas domésticas. Você teria alguma informação sobre isso?

Obrigada mais uma vez pela ajuda. Suas palavras me deram um pouquinho de segurança para encarar esse desafio!

Abraço,

Bárbara.

Barbara,

Cadê a sua agência?? Não é pra isso também que vocês contratam uma agência? Para lhes dar apoio na chegada aqui,  incluindo o suporte na busca de trabalho?  Se a sua não lhe prometer isto por escrito, procure outra. Por que sem conhecer nada aqui, é fundamental term uma agência disposta a lhe dar um apoio de verdade. Não basta lhe dar um modelo de CV,  e uma lista com nomes e telefones. Mesmo por que quando se chega aqui sem ser completamente fluente em Inglês, a gente tem até medo do toque do telefone ... rsrsrs... Portanto, modelo de CV + uma lista com telefones não vai resolver o seu problema de emprego.

Entre Brisbane e Sydney: eu costumo dizer que as cidades têm personalidade, exatamente como as pessoas. E nós temos que escolher a cidade que combina com a nossa personalidade. Por isso escolhi Sydney para viver. É uma cidade moderna, bonita, luminosa, mas não é excessivamente quente - a não ser em poucos dias durante o verão. E nela tenho o melhor dos dois mundos: durante o dia trabalho no centro da cidade que é movimentado, alegre, cheio da energia de gente bonita e dos turistas.  No final do dia vou pra casa e daí é como se eu estivesse numa cidade de interior super tranquila e segura. E para ajudar, o meu bairro é completamente verde, meus vizinhos todos australianos bem educados e amigos uns dos outros. Posso querer mais??

Então por isso tudo, sou suspeita para dar opiniões quanto à melhor cidade, por que para mim a melhor é Sydney.  Mais: na consultoria onde trabalho temos centenas de estudantes vindos dos mais diversos lugares do mundo todo e, pelo o que eu sei, todos os que não são preguiçosos, estão trabalhando.

Qualquer coisa a mais, por favor me escreva direto para [email protected]

Oi Marlene,

pelo que percebi, vc entende bastante sobre viver na Austrália.

Acabei de sair de uma agência e estou pensando em procurar um intercâmbio de trabalho lá. Já tenho inglês avançado, sou formada em Letras - Inglês e trabalho como professora de inglês há 5 anos. Tb já fiz 2 intercâmbios para os EUA.

Meu medo é "largar tudo" aqui por algo "incerto". 

É fácil mesmo conseguir emprego se já tem o inglês? Pode dar algumas dicas?

Quero muito ir, mas estou bastante preocupada em conseguir me manter por lá.

Agradeço toda e qualquer dica, para poder tomar essa decisão! 

Muito obrigada desde já.

Paula,

Não sei exatamente que tipo de dicas você precisa. Ter medo do incerto é normal, o importante é não deixar que o medo a paralise e a impeça de fazer coisas que podem ser interessantes para o seu futuro. 

Não adianta muito as dicas que lhe derem, a sua experiência será única.  Nada e ninguém pode lhe garantir que você vai dar certo aqui. Isto depende de você. Se você se sente preparada para enfrentar situações novas como dividir moradia com estranhos, trabalhar no que for possível (desde que honestamente) até que uma boa oportunidade apareça ... venha!  Mas se para você trabalho é apenas o de professora de inglês ... pense um pouco mais. Como você pode imaginar, não é fácil para um estrangeiro, não nativo da lingua inglesa,  ser aceito como professor de inglês aqui.  Os próprios estudantes reclamam contra isto, pois eles querem ter aula com nativos da lingua. 

A Australia é rica em oportunidades, ser feliz aqui não é difícil,  mas com certeza você tem que gostar de desafios e não desanimar nas primeiras dificuldades.

O mais importante para que a sua chegada aqui seja smoothy:  escolha uma agencia que lhe garanta, por escrito, que vai lhe dar suporte decente na cidade que você escolher. 

Boa sorte!

Não espero encontrar trabalho como professora de inglês fora de forma alguma. Isso é o que faço no Brasil, mas fora estou disposta a trabalhar com o que vier.

A minha preocupação é se realmente é fácil conseguir emprego rápido, como disseram, quando se tem inglês.

E se eu fizer esse intercâmbio, não vou ter dinheiro para me manter por lá se não conseguir um emprego. Vou depender exclusivamente do emprego sem nenhum auxílio vindo do Brasil. Por isso queria saber de quem está aí se é realmente fácil conseguir e se dá para ganhar o suficiente para se manter.

Obrigada pela resposta :)

Sim, Paula, se você tem bom Inglês e disposição para trabalhar  em coisas diferentes da sua profissão como garçonete, babá, recepcionista, cuidadora de crianças ou de idosos, etc, que são trabalhos que os estudantes fazem quando chegam aqui, certamente não vai lhe faltar emprego. Pode ser que você não consiga algo no primeiro mês, por isso é sempre aconselhável trazer uma poupança para se manter enquanto não está consegue trabalho. Não é bom vir com o dinheiro contado.

Oi Bárbara,

qual é esse grupo do face que vc falou?

Estou querendo me informar melhor sobre a vida na Austrália, mas não achei nenhum grupo de discussão no face.

Me passe, se puder, por favor.

Obrigada.

RSS

Membros

Seja Social Também :D


Como utilizar a Comunidade:

Pessoal, para manter a comunidade bacana e confiavel, por favor, adicionem foto em seu perfil, assim sabemos com quem estamos falando, alem de ficar com uma pagina mto mais bonita.

Boa sorte a todos!
Comunidade Brasileiros na Australia

Grupos

© 2019   Criado por Gabriel.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço